saocamilolelis igreja_matriz

Paróquia São Camilo de Léllis,

"Uma obra de fé, abençoada pelo espírito comunitário dos cristãos da Mata da Praia".

Musicas Cantai 2012

ABERTURA

Tempo Comum e Festas Litúrgicas


1 (Tom: A) Letra e Música: Frei Fabreti (Cantai - CD 11 / CD Um Canto Novo, v.II -
Sono-Viso/Vozes)
O Senhor me chamou, / e eu respondi: “Eis-me aqui!” / O Senhor
me chamou, / e eu respondi: “Eis-me aqui, Senhor!”
1 - Para levar a Palavra que faz / tudo na vida ser bem melhor; / para anunciar novo tempo e viver / nova proposta que vem de Deus.
2 - Pra proclamar que o amor é maior, / e o novo Reino se faz de irmãos; / pra semear novo modo de ser: / ir ao encontro do irmão no amor.
3 - Para plantar a semente da paz / num coração que abrigou rancor; / para entoar a canção do bem / e entre as nações ser o seu sinal.

2 (Tom: E) Letra e Música: José Acácio Santana (Cantai - CD 11 / CD Tua Palavra
Permanece - Paulinas)
1 - Quando chamaste os doze primeiros pra te seguir, / sei que chamavas todos os que haviam de vir.
Tua voz me fez refletir, / deixei tudo pra te seguir, / nos teus mares eu quero navegar. (bis)
2 - Quando pediste aos doze primeiros: Ide e ensinai, / sei que pedias a todos nós: Evangelizai!
3 - Quando enviaste os doze primeiros de dois em dois, / sei que enviavas todos os que viessem depois.

3 (Tom: G) Letra e Música: Cireneu Kuhn (Cantai - CD 11 / CD Dia do Senhor - Paulus)
1 - Como membro desta Igreja peregrina, / recebi de Jesus Cristo uma missão: / de levar a Boa-Nova a toda gente, / a verdade, a paz e o perdão.
Envia, envia, Senhor, / operários para a messe. / Escuta, escuta
esta prece, / multidões te esperam, Senhor!
2 - Por caminhos tão difíceis, muita gente / vai andando sem ter rumo e direção. / Não conhecem a verdade do Evangelho, / que liberta e dá força ao coração.
3 - A missão nos acompanha dia a dia, / na escola, no trabalho e no lar. / Precisamos ser no mundo testemunhas / pra que Deus possa em nós se revelar.

4 (Tom: Cm) Letra e Música: José Raimundo Galvão (Cantai - CD 11 / CD Cantos
de abertura e comunhão - Paulus)
O Senhor necessitou de braços / para ajudar a ceifar a messe. / E eu ouvi seus apelos de amor, / então respondi: / aqui estou, aqui estou.
1 - Eu vim para dizer / que eu quero te seguir, / eu quero viver com muito amor o que aprendi.
2 - Eu vim para dizer / que eu quero te ajudar, / eu quero assumir a tua cruz e carregar.
3 - Eu vim para dizer / que eu vou profetizar, / eu quero ouvir a tua voz e propagar.
4 - Eu vim para dizer / que eu vou te acompanhar / e, com os meus irmãos, um mundo novo edificar.

5 (Tom: D) Letra e Música: Frei Luiz Carlos Susin (Cantai - CD 11)
Senhor, se Tu me chamas, eu quero te ouvir. / Se queres que eu te siga, respondo: “Eis-me aqui!”
1 - Profetas te ouviram e seguiram tua voz, / andaram mundo afora e pregaram sem temor. / Seus passos Tu firmaste sustentando seu vigor. / Profeta - Tu me chamas: / vê, Senhor, aqui estou!
2 - Nos passos de teu Filho, toda a Igreja também vai / seguindo teu chamado de ser santa qual Jesus. / Apóstolos e mártires se deram sem medir. / Apóstolo me chamas: / vê, Senhor, estou aqui!
3 - Os séculos passaram, não passou, porém, tua voz, / que chama ainda hoje, que convida a te seguir. / Há homens e mulheres que te amam mais que a si / e dizem com firmeza: / vê, Senhor, estou aqui!

6 (Tom: E) Letra: Pe. Pedro Brito Guimarães / Música: Frei Fabreti (Cantai - CD 24
/ CD Tua Palavra Permanece - Paulinas)
Eis-me aqui, Senhor, (2x) / pra fazer tua vontade, / pra viver no teu amor: (2x) / Eis-me aqui, Senhor!
1 - O Senhor é o Pastor que me conduz / por caminho nunca visto me enviou, / sou chamado a ser fermento, sal e luz / e, por isso, respondi: aqui estou!
2 - Ele pôs em minha boca uma canção, / me ungiu como profeta e trovador / da história e da vida do meu povo / e, por isso, respondi: aqui estou!
3 - Ponho a minha confiança no Senhor. / Da esperança sou chamado a ser sinal, / seu ouvido se inclinou ao meu clamor / e, por isso, respondi: aqui estou!
7 (Tom: F) Letra: Gustavo Balbinot / Música: Pe. Osmar Coppi (Cantai - CD 5 / CD
Mestre, onde Estás? - Paulinas)
1 - No meu coração sinto o chamado, / fico inquieto: preciso responder. / Então pergunto: “Mestre, onde moras?” / E me respondes que é preciso caminhar, / seguindo teus passos, fazendo a história, / construindo o novo no meio do povo. (2x)
Mestre, onde moras? Mestre, onde estás? / No meio do povo, vem e verás. (2x)
2 - Te vejo em cada rosto das pessoas, / tua imagem me anima e faz
viver. / No coração amigo que se doa, / no sonho do teu Reino acontecer. / Teu Reino é justiça, é paz, é missão. / É a Boa-Nova da libertação! (2x)
3 - Tua Palavra abre novos horizontes, / é convite de serviço aos irmãos. / Me consagra, me envia a assumir / teu projeto nesta vida, neste chão. / Meu SIM é resposta, é meu jeito de amar, / estar com teu povo, contigo morar. (2x)

8 (Tom: E) Letra e Música: Ir. Míria Therezinha Kolling (Cantai - CD 13 / CD Liturgia
XIII / CD O Senhor, minha festa - Paulus)
Alegres, vamos à Casa do Pai / e na alegria cantar seu louvor. / Em sua Casa, somos felizes: / participamos da ceia do amor.
1 - A alegria nos vem do Senhor, / seu amor nos conduz pela mão. / Ele é luz que ilumina o seu povo, / com segurança lhe dá a salvação.
2 - O Senhor nos concede os seus bens, / nos convida à sua mesa sentar. / E partilha conosco o seu pão, / somos irmãos ao redor deste altar.
3 - Voltarei sempre à Casa do Pai, / de meu Deus cantarei o louvor.
/ Só será bem feliz uma vida / que busca em Deus sua fonte de amor.

9 (Tom: G) Letra e Música: Ir. Cecília Vaz Castilho (Cantai - CD 4)
A gente tem um mundo pra celebrar; / é Deus que está no fundo
deste meu cantar. (bis)
1 - Aqui nos reunimos pra agradecer: / a vida é um presente, nela eu posso crer!
2 - O amor nos fez um povo pra te louvar, / e todo dia é novo tempo
de amar.

10 (Tom: C) Letra e Música: João Bento de Souza (Cantai - CD 20)
1 - Celebremos, com alegria, nosso encontro, / Jesus Cristo é nosso ponto de união. / É o caminho que nos leva para a vida, / a verdade que nos traz libertação.
Formamos a Igreja viva, / que caminha para o Reino do Senhor. / Vivendo em comunidade, / nós faremos este mundo ser melhor.
2 - Vamos juntos construir fraternidade, / trabalhando pela paz universal. / Ser semente de uma nova sociedade, / gente unida para combater o mal.
3 - Jesus Cristo realiza a unidade / e não quer que nós vivamos separados. / Na união teremos força pra vencer / e ajudar o nosso irmão desamparado.

11 (Tom: C) Letra e Música: Pe. José Weber (Cantai - CD 4 / Campanha da
Fraternidade/Memória Histórica (1970-2002) - Paulinas)
Juntos como irmãos, membros da Igreja, / vamos caminhando, vamos caminhando, / juntos como irmãos, ao encontro do Senhor.
1 - Somos povo que caminha / num deserto como outrora, / lado a lado, sempre unido / para a Terra Prometida.
2 - Na unidade caminhemos, / foi Jesus quem nos uniu. / Nosso Deus hoje louvemos, / seu amor nos reuniu.
3 - A Igreja está em marcha: / a um mundo novo vamos nós / onde
reinará a paz, / onde reinará o amor.

12 (Tom: E) Letra e Música: Pe. José Freitas Campos (Cantai - CD 20 / CD Cantos de abertura e comunhão - Paulus)
Ó Pai, somos nós o povo eleito / que Cristo veio reunir. (bis)
1 - Pra viver da sua vida, aleluia! / O Senhor nos enviou, aleluia!
2 - Pra ser Igreja peregrina, aleluia! / O Senhor nos enviou, aleluia!
3 - Pra anunciar o Evangelho, aleluia! / O Senhor nos enviou, aleluia!
4 - Pra servir na unidade, aleluia! / O Senhor nos enviou, aleluia!
5 - Pra celebrar a sua glória, aleluia! / O Senhor nos enviou, aleluia!
6 - Pra construir um mundo novo, aleluia! / O Senhor nos enviou, aleluia!
7 - Pra caminhar na esperança, aleluia! / O Senhor nos enviou, aleluia!
8 - Pra ser sinal de salvação, aleluia! / O Senhor nos enviou, aleluia!

13 (Tom: D) Letra e Música: José Acácio Santana (CD Louvemos o Senhor,
v.9 - Paulinas)
1 - Um dia escutei teu chamado, / divino recado batendo no coração.
/ Deixei deste mundo as promessas / e fui bem depressa no rumo
da tua mão.
Tu és a razão da jornada, / Tu és minha estrada, meu guia e meu
fim! / No grito que vem do teu povo, / te escuto de novo chamando por mim!
2 - Os anos passaram ligeiro, / me fiz um obreiro do Reino de paz e amor. / Nos mares do mundo navego / e às redes me entrego, tornei-me teu pescador.
3 - Embora tão fraco e pequeno, / caminho sereno com a força que
vem de ti! / A cada momento que passa, / revivo esta graça de ser teu sinal aqui.

14 (Tom: G) Letra e Música: José Raimundo Galvão (Cantai - CD 20)
Somos um povo que alegre vai / marchando dia a dia ao encontro do Pai. / Aqui, reunidos, nós participamos / desta Igreja Santa que pro céu vai caminhando.
1 - Todos congregados pelo amor do Senhor, / nossa voz unida cantará seu louvor.
2 - Todos, peregrinos, pela terra passamos, / nossa fé ardente vai o mundo iluminando.
3 - Temos alegria de viver como irmãos, / entre nós começa a unidade dos cristãos.
4 - A esperança fala de um mundo melhor, / onde não existe mais tristeza nem dor.

15 (Tom: E) Letra e Música: Frei Gotzon Aulestia (Cantai - CD 24)
Unidos todos, vamos celebrar / o Pão de Deus, a Páscoa do amor! / Raças, povos e todo o universo, / cantai um hino ao Senhor!
1 - A quem de ti tem fome, / vou repartir o pão. / A quem de mim precisa, / vou dar-lhe a minha mão.
2 - Quem busca a verdade / a encontra na oração. / Quem quer fraternidade / encontrará um irmão.

16 (Tom: Am) Letra: Maria de F. de Oliveira / Música: Djanira L. dos Santos (Cantai - CD 3 / Campanha da Fraternidade/Memória Histórica (1970-2002) - Paulinas)
Vimos te louvar em tua casa, ó Senhor. / Somos a família que teu
Filho congregou.
1 - Teu povo, tua família, vem hoje, com gratidão, / louvar o teu nome santo, / unidos na adoração.
2 - Cantamos a tua graça, o teu infinito amor; / a prece de nossas vidas / em casa já começou.
3 - Das faltas contra a unidade queremos pedir perdão. / É falta todo egoísmo / que gera separação.
4 - Começa em nossa casa a vida em fraternidade. / Possamos, com tua graça, / vivê-la na liberdade.

17 (Tom: A) Letra: Edson de Castro / Música: Valdeci Farias (Cantai - CD 20)
Vimos te encontrar em tua casa, ó Senhor. / Somos o teu povo / reunido em teu amor. (2x)
1 - Ó Pai, nos reunimos em torno do altar / pra celebrar a Ceia, / memória do Senhor. / Trazemos nossa vida, / queremos te louvar / por aquilo que nos dás, / nosso canto é gratidão.
2 - Ó Pai, nos alegramos em torno do altar / em celebrar a Ceia, / em nome do Senhor. / És fonte de alegria, / queremos te seguir, / pois um dia nos darás um lugar bem mais feliz.
3 - Ó Pai, nos encontramos em torno do altar / pra celebrar a Ceia, / presença do Senhor. / Perdão das nossas faltas / queremos te pedir / por aquilo que nos faz / separar-nos de ti.

18 (Tom: G) Letra: Nilo Aparecida Pinto / Música: Pe. José Weber (Cantai - CD 4 / Campanha da Fraternidade/Memória Histórica (1970-2002) - Paulinas)
Vamos servir: Jesus manda servir. / Ele serviu ao Pai e a seus irmãos. / Quero acolher, Senhor, vossa palavra, / seguir o vosso
exemplo!
1 - Como o Verbo encarnado vindo ao mundo, / com a missão de salvar o pecador, / disse ao Pai aceitando o sacrifício: / “Eis que venho fazer vossa vontade!”
2 - Sendo Deus não teve apego à sua glória, / sendo servo de todos, proclamava: / “Não me agrada ser servido, mas servir, / e pela vossa salvação darei a vida!”

19 (Tom: E) Letra e Música: Frei Luiz Turra (Cantai - CD 20 / CD Celebrações
Especiais, v.3 - Paulus)
1 - Ó Senhor, nós estamos aqui, / junto à mesa da celebração, / simplesmente atraídos por vós, / desejamos formar comunhão.
Igualdade, fraternidade, nesta mesa nos ensinais. / As lições que melhor educam, na Eucaristia / é que nos dais. (2x)
2 - Todos cantam o vosso louvor, / pois em vós todos somos irmãos. / Ouviremos com fé, ó Senhor, / os apelos de libertação.
3 - Este encontro convosco, Senhor, / incentiva a justiça e a paz; / nos inquieta e convida a sentir / os apelos que o pobre nos faz.
4 - Acolheis, com o vosso perdão, / todo homem disposto a crescer; / ao redor desta mesa, Senhor, / a unidade podemos viver.

20 (Tom: G) Letra e Música: Ir. Míria Therezinha Kolling (Cantai - CD 4 / CD Cantos Celebrativos - Paulinas)
1 - Aqui nos encontramos / reunidos no amor de Deus / para louvar,
alegres, nosso Pai, / como convém aos filhos seus.
Cantemos, juntos, o seu louvor, / pois Ele é nosso Deus e Senhor! (bis)
2 - De todos os lugares / à sua mesa Ele nos chamou / para que assim possamos, em família, / cantar o bem que Ele nos fez.
3 - O amor, a graça, a vida / nós buscamos aqui, Senhor, / para voltarmos fortes, animados, / à luta contra o mal e a dor.

21 (Tom: C) Letra: Nelson Gil Tolentino / Música: Pe. Osmar A. Bezutte
(Cantai - CD 20)
Vamos, em torno deste altar, / receber a mensagem de amor, / onde Jesus nos vai mostrar / os caminhos do Deus Salvador.
1 - A estrada de Deus nos conduz / pelo mundo ao encontro do irmão, / que não teve o anúncio da cruz, / que não sabe se há salvação.
2 - Toda terra é campo, é missão / pra quem sabe amar e lutar, / e fazer a Igreja plantar / liberdade, amor, salvação.

22 (Tom: Dm) Letra e Música: Pe. José Cândido da Silva (Cantai - CD 4)
1 - Deus está chamando o povo pra se unir. / Formaremos, sim, uma família só, / tendo à frente um Deus que nos quer bem.
Senhor, aqui estamos pra ouvir a tua voz; / marchamos destemidos para te encontrar. / E sempre te encontramos na tua Palavra / e na fração do pão que vamos celebrar.
2 - Vinde, irmãos, uni a voz ao coração / pra cantar com fé, para agradecer / quanta coisa fez o nosso Deus.
3 - Caminhar, andar, correr sem descansar; / nossa vida é um deserto
infindo, / vamos sempre em busca do amor.

23 (Tom: D) Letra e Música: Frei Fabreti (CD Tua Palavra Permanece - Paulinas)
Javé, o Deus dos pobres, do povo sofredor, / aqui nos reuniu pra cantar o seu louvor, / pra nos dar esperança / e contar com sua mão, / na construção do Reino, Reino novo, povo irmão.
1 - Sua mão sustenta o pobre, / ninguém fica ao desabrigo. / Dá sustento a quem tem fome / com a fina flor do trigo.
2 - Alimenta os nossos sonhos, / mesmo dentro da prisão; / ouve o grito do oprimido, / que lhe toca o coração.
3 - Cura os corações feridos, / mostra ao pobre seu poder. / Dos pequenos, a defesa: / deixa a vida florescer.

24 (Tom: F) Letra: José Thomaz Filho / Música: Frei Fabreti (Cantai - CD 13 / CD
Ação de Graças - Paulinas)
1 - Te louvo, meu Senhor, pois olhaste para mim. / Caídos e humilhados têm sempre o teu favor. / Se eu não tinha nada, bastou-me dizer sim: / és o meu socorro, meu Deus, meu Salvador.
Teu amor sempre faz maravilhas: / a quem se faz menor estende
tua mão; / és a luz dos teus filhos e filhas, / vigor de quem não fecha o coração!
2 - Te louvo, meu Senhor, o teu nome é sem igual, / fizeste grandes
coisas em mim que nada sou. / O teu nome é santo, superas todo o mal / e onde houver bondade tua mão já transbordou.
3 - Te louvo, meu Senhor, pois assim é teu poder: / dispersa os prepotentes, acolhe quem sofreu, / fere os poderosos, mas nutre e faz crescer / quem se reconhece pequeno filho teu.

25 (Tom: G) Letra e Música: Pe. Lucas de Paula Almeida (Cantai - CD 4)
1 - Jesus sempre estava a caminhar / com amor a visitar as aldeias
do país, / a pé, sem dinheiro a carregar, / sem ter casa pra morar, na pobreza mui feliz.
As multidões acorriam ao Pastor / para ouvir a sua voz que falava do amor. / O bom Pastor procurava socorrer / quem não tinha lar nem pão, nem saúde pra viver.
2 - Jesus, contemplando as multidões, / sente grande compaixão pelo seu abatimento. / Está já cansado em sua dor, / são ovelhas sem pastor, / vivem só de sofrimento.
3 - Jesus, vendo o povo, diz assim: / “A seara não tem fim, mas são poucos pra ceifar. / Pedi meus discípulos ao Pai, / operários enviai para a messe cultivar”.
4 - Senhor, muitas graças eu te dou: / sou semente que brotou do clamor do povo teu. / Em mim põe agora aquele amor / de Jesus, o bom Pastor, / que por nós, na cruz, se deu.

26 (Tom: Am) Letra e Música: Pe. José Weber (Cantai - CD 20)
Reúne o teu povo, Senhor nosso Deus; / reúne os eleitos de toda
a terra / para viver na união do Espírito Santo, teu dom, / para louvar, bendizer e cantar teu amor. (2x)
1 - Exorto-vos, irmãos, em nome do Senhor, / que não haja entre vós
discórdia e divisão! / Ficai sempre unidos no mesmo parecer, / na mesma fé comum, no Espírito de Cristo!
2 - Nós temos dons diversos, carismas diferentes; / mas um só e mesmo Espírito atua em todos nós, / levando à unidade para na caridade edificar / o Corpo de Cristo que nós somos.
3 - O Corpo é um só, mas tem membros diversos / que, apesar de muitos, formam um só Corpo, / assim também em Cristo formamos
um só Corpo, / pois fomos batizados num só e mesmo Espírito.

27 (Tom: E) Letra: Flávio Irala / Música: Valdomiro de Oliveira (Cantai - CD 20 / CD Canções da Unidade - Paulinas)
1 - Estamos aqui, Senhor, / viemos de todo lugar / trazendo um pouco do que somos / pra nossa fé partilhar.
Trazendo o nosso louvor, / um canto de alegria, / trazendo a nossa vontade / de ver raiar um novo dia. (bis)
2 - Estamos aqui, Senhor, / cercando esta mesa comum, / trazendo
ideias diferentes, / mas em Cristo somos um.
E, quando sairmos daqui, / nós vamos para voltar / na força da esperança / e na coragem de lutar. (bis)

28 (Tom: G) Letra e Música: Frei Luiz Turra (Cantai - CD 24 / CD Jesus Nosso
Irmão - Paulinas)
1 - Com a presença de Cristo entre nós, / temos certeza que o Reino
chegou. / Tudo de novo renasce de Deus / e o povo sente que tudo mudou.
Este é o Reino chegando, / aurora nascendo e a fonte jorrando. / Jesus está vivo no meio de nós.
2 - Jesus convoca e reúne no amor, / faz enxergar o que o povo não vê. / Revela ao pobre seu grande valor, / garante a vida a todo o que crê.
3 - O povo simples encontra em Jesus / uma resposta que vem confirmar: / o que é de Deus, o que é bom, o que é luz / e um tempo novo que vai começar.

29 (Tom: F) Letra e Música: Frei Luiz Turra (Cantai - CD 24 / CD Viver é Encontrarse - Paulinas)
1 - Juntos, bem presentes estamos / e na fé celebramos nosso encontro com Deus e Senhor. / Temos nossa história da vida, / seja alegre ou sofrida, / tudo canta em sincero louvor.
Viver é encontrar-se com Deus, com os irmãos. / No encontro com o mundo, está nossa missão.
2 - Gestos, todo o bem que fazemos / nesta hora trazemos num encontro de fé, gratidão. / Passos, nos caminhos que andamos, / para Deus orientamos / como um povo que quer ser irmão.
3 - Tempo, ocupado na lida / a serviço da vida corresponde ao que
Deus quer de nós. / Sonhos de um mundo fraterno, / só o amor que é eterno / pode nos garantir e nos dar.

30 (Tom: G) Letra e Música: José Acácio Santana (Cantai - CD 24 / CD Pai
Eterno - Paulinas)
Que alegria, quando me disseram: / Vamos à Casa do nosso Pai!
1 - Eterno Pai, Tu nos chamaste à vida: / nós somos filhos do teu grande amor. / Uma família sempre agradecida, / que se reúne para o teu louvor.
2 - Na tua casa, ao redor da mesa, / os que vieram vão se dando as mãos. / E Tu contemplas toda essa riqueza / de ver os filhos sempre mais irmãos.
3 - E sobre a mesa, numa santa ceia, / Jesus se faz o teu sagrado pão. / Em nossas vidas teu amor semeia / para colher os dons da salvação.

31 (Tom: G) Letra e Música: Júnior Borges / Banda Orem
Reunidos num só coração, / formamos uma só família / na presença dos arcanjos do Senhor: / Miguel, Gabriel e Rafael.
1 - Com muita alegria, reunidos como irmãos, / celebrando a Páscoa
do Senhor. / Na presença dos anjos, cantemos ao Senhor, / seu majestoso esplendor.
2 - Miguel, como Deus; Gabriel, força de Deus; Rafael, Deus curou. /
Sua memória recordamos junto à mesa do Senhor / lhes pedindo
proteção.

32 (Tom: F) Letra: CPD / Música: Pe. J. Gelineau
SALMO 42/41
Do altar de Deus me aproximarei, / meu Deus e minha vida.
1 - Só Vós sois minha força, ó meu Deus! / Preservai-me de todo
o mal!
2 - Vós sois bom, Vós sois Pai, ó meu Deus! / Dai-me luz, dai-me paz, dai-me amor!
3 - E eu quero cantar-vos, meu Deus! / Vosso nome eu quero louvar!

33 (Tom: F) Letra: D. Carlos Alberto Navarro / Música: Valdeci Farias (Cantai -
CD 4 / CD Cantos de abertura e comunhão - Paulus)
Eis, meu povo, o banquete, / que preparei para ti! / Sofredor, pecador, também, / todo pobre é bem-vindo aqui!
1 - Quis preparar um banquete festivo, / mandei convidar multidões!
/ Muitos amigos deixaram de vir / e fecharam os seus corações.
2 - Mandei os servos por ruas e praças: / “Fazei todo o povo entrar!
/ Cego e coxo, o pobre, o infeliz, / venham todos comigo cear!”

34 (Tom: Bm) Letra e Música: David Julien (Cantai - CD 20 / Alegria de Ser
Missionário - Paulinas)
1 - Reunidos em torno dos nossos pastores, nós iremos a ti. / Professando todos uma só fé, nós iremos a ti. / Armados com a força que vem do Senhor, nós iremos a ti. / Sob o impulso do Espírito Santo, nós iremos a ti.
Igreja Santa, templo do Senhor. / Glória a ti, Igreja Santa, / ó cidade dos cristãos. / Que teus filhos hoje e sempre / vivam todos como irmãos!
2 - Com nossos anseios e nossos desejos... / Com nossas angústias
e nossas alegrias... / Com nossa fraqueza e nossa bondade... / Com nossa riqueza e nossa carência...
3 - Curvados ao peso de nosso trabalho... / Curvados ao peso de nossos pecados... / Confiantes por sermos os filhos de Deus... / Confiantes por sermos os membros de Cristo...
4 - Com nossas irmãs e irmãos nos claustros... / com nossos irmãos
sofredores... / com os padres que sobem ao altar... / com os padres que partem em missão...

35 (Tom: D) Letra e Música: Pe. José Cândido da Silva (Cantai - CD 7)
Vejo a multidão em vestes brancas / caminhando alegre, jubilosa: / é a aclamação de todo o povo / que Jesus é seu Senhor.
1 - Também estaremos nós, um dia, / assim regenerados pelo amor.
/ Nesta esperança viveremos, / somos a família dos cristãos. / Nossa lei é sempre o amor.
2 - Povo que caminha rumo à pátria, / a nova cidadela dos cristãos.
/ Passos firmes, muita fé nos olhos, / muito amor carregam, são irmãos. / Nossa lei é sempre o amor.
3 - Rumo à liberdade, decididos / nem sequer se voltam para trás.
/ Muita violência se fizeram, / alcançaram, com denodo, a paz. / Nossa lei é sempre o amor.
4 - Nós aqui estamos ansiosos / celebrando o dia do Senhor. / Não
nos custa crer, / pois, afinal, unidos já estamos no amor. / Nossa lei é sempre o amor.

36 (Tom: Bb) Letra e Música: Ir. Maria da Conceição Villac (Cantai - CD 24)
Com a Igreja subiremos / o altar do Senhor.
1 - Toda a Igreja aqui está / para o encontro com Deus. / Ele mesmo
o marcou / para nós, filhos seus.
2 - Entre nós e o Pai Santo / está Jesus, nosso Irmão: / mediador, sacerdote, / nosso ponto de união.
3 - Rezaremos com Cristo / o perfeito louvor / e seremos pro Pai / uma imagem de amor.
4 - Céus e terra estarão / na oblação de Jesus. / Quer unir num rebanho / os remidos da cruz.

37 (Tom: G) Letra: Cícero Alencar / Música: Norival de Oliveira (Cantai - CD 24
/ CD CF 2000 - Ecumênica / CD Campanha da Fraternidade/Memória Histórica
(1970-2002) - Paulinas)
1 - Somos gente da esperança / que caminha rumo ao Pai. / Somos
povo da Aliança / que já sabe aonde vai.
De mãos dadas, a caminho / porque juntos somos mais, / pra cantar o novo hino / de unidade, amor e paz.
2 - Para que o mundo creia / na justiça e no amor, / formaremos um
só povo / num só Deus, um só Pastor.
3 - Todo irmão é convidado / para a festa em comum: / celebrar a nova vida / onde todos sejam um.

38 (Tom: A) Letra e Música: Ir. Míria Therezinha Kolling (Cantai - CD 4)
Tua família aqui reunida / vem hoje pedir-te, Senhor, / a paz que
nos vem de tua vida / e é fruto do teu amor.
1 - Quando o ódio, a vingança, o rancor / vierem nos destruir, / nós
queremos ser em tuas mãos / instrumentos do teu amor.
2 - Quando a treva, que ao erro conduz, / cegar muitos corações, / nós queremos ser em tuas mãos / instrumentos da tua luz.
3 - Quando a ofensa, a discórdia, enfim, / romperem a união, / nós
queremos ser em tuas mãos / instrumentos do teu perdão.

39 (Tom: Bb) Letra: Liturgia das Horas / Música: Pe. J. Gelineau (CD Salmos e
cânticos com melodias de Pe. J. Gelineau - Paulus)
Cantemos ao Senhor com hinos de alegria!
SALMO 100/99
1 - Aclamai o Senhor, ó terra inteira, / servi ao Senhor com alegria,
/ ide a ele cantando jubilosos!
2 - Sabei que o Senhor, só Ele, é Deus. / Ele mesmo nos fez, e somos seus, / nós somos seu povo e seu rebanho.
3 - Entrai por suas portas dando graças, / e em seus átrios com hinos de louvor; / dai-lhe graças, seu nome bendizei!
4 - Sim, é bom o Senhor e nosso Deus, / sua bondade perdura para
sempre, / seu amor é fiel eternamente!
5 - Glória ao Pai, ao Filho, ao Santo Espírito, / ao Deus que é, que
era e que vem, / pelos séculos dos séculos, amém!

40 (Tom: C) Letra e Música: Ir. Míria T. Kolling (CD Liturgia I - Paulus)
Oh! que alegria / encontrar-se os irmãos / reunidos no amor de
Deus! / É a Eucaristia que faz comunhão: / que felizes somos, escolhidos seus!
1 - Pelo Pai nós fomos convidados / ao banquete à festa de Jesus:
/ Ele é o alimento que dará sustento / para os nossos passos rumo ao Bem, à Luz!
2 - Deus nos fez uma comunidade / que celebra e vive a sua fé. / Não se vai sozinho por este caminho: / quem se une ao outro  ficará de pé.
3 - É Jesus nosso maior presente: / na palavra, em nós, na refeição!
/ Deus faz maravilhas pela sua família: / vamos a cantar co’a voz e o coração!

41 (Tom: Em) Letra e Música: Reginaldo Veloso (CD Liturgia VII - Paulus)
Senhor, escuta as preces do servo teu, / do povo teu eleito e bem-amado; / dá paz aos que em ti creem / e verdadeiros teus mensageiros se achem comprovados!
SALMO 125/124
1 - Quem confia no Senhor / é qual monte de Sião: / não tem medo,
não se abala, / está bem firme no seu chão.
2 - As montanhas rodeiam / a feliz Jerusalém. / O Senhor cerca seu
povo para não temer ninguém.
3 - Venha a paz para o teu povo, / o teu povo de Israel. / Venha a paz para o teu povo, / pois Tu és um Deus fiel!
4 - A mão dura dos malvados / não esmague as criaturas, / para os
justos não mancharem / suas mãos em aventuras.

42 (Tom: Bm) Letra e Música: Pe. Jocy Rodrigues (CD Liturgia VII - Paulus)
O Senhor vai falar-nos de paz, / a seu povo e a todos amigos: / paz a quantos a ele se achegam / e se alegre o teu povo contigo! (2x)
SALMO 149/148
1 - Ao Senhor vamos cantar / canto novo em seu louvor. / Na assembléia dos fiéis, / celebremos seu amor. / Israel todo se alegre / em seu Deus, seu Criador!
2 - O seu nome glorifiquem / com cantares e com danças. / Toquem
flautas e pandeiros / ao sentir sua lembrança. / O seu povo, a ele unido, / a vitória sempre alcança.
3 - Festejemos sua glória / em alegre procissão, / com louvores na
garganta / e com a espada em nossa mão, / relembrando que a seu povo / Ele deu a proteção.
4 - Ele vence os infelizes, / que praticam mil horrores. / Ele prende os
inimigos, / acorrenta os malfeitores. / É por isso que ao Senhor / festejamos com louvores.

43 (Tom: Bm) Letra e Música: Frei Joaquim F. de Souza (CD Liturgia VII - Paulus)
Exulte de alegria / quem busca a Deus, (3x) / sua face é tudo o que eu queria!
SALMO 130/129
1 - Que se abram teus ouvidos / ao clamor dos meus pedidos! / Se
dos erros vais lembrar, / quem, Senhor, vai aguentar?... / Porque há em ti perdão, / todos te respeitarão.
2 - No Senhor minh’alma espera, / eu confio em sua Palavra. / O vigia espera o sol, / eu espero o meu Senhor. / Seu amor, sua piedade / nos libertam da maldade!
3 - Ao bondoso Pai cantemos, / a Jesus nos confiemos! / No Espírito
cantemos, / uns aos outros consolemos! / Ao Deus vivo celebremos
/ e um louvor, contritos, demos!

44 (Tom: Am) Letra e Música: Pe. Ney Brasil Pereira (CD Liturgia VI - Paulus)
Toda a terra te adore, / ó Senhor do universo, / os louvores do teu nome / cante o povo em seus versos!
1 - Venham todos, com alegria, / aclamar Nosso Senhor / caminhando
ao seu encontro, / proclamando seu louvor. / Ele é o Rei dos reis. / E dos deuses, o maior.
2 - Tudo é dele: abismos, montes, / mar e terra Ele formou. / De joelhos adoremos / este Deus que nos criou, / pois nós somos seu rebanho / e Ele é nosso Pastor.
3 - Ninguém feche o coração, / escutemos sua voz. / Não sejamos
tão ingratos, / tal e qual nossos avós. / Mereçamos o que Ele / tem guardado para nós.
4 - Glória ao Pai que nos acolhe / e a seu Filho Salvador. / Igualmente
demos glória / ao Espírito de amor. / Hoje e sempre eternamente, / cantaremos seu louvor.

45 (Tom: E) Letra e Música: D. Pedro Brito Guimarães (CD Avancem para águas
mais profundas - Paulinas)
1 - Nossos corações em festa / se revestem de louvor, / pois aqui se manifesta / a vontade do Senhor, / que nos quer um povo unido / a serviço da missão, / animado e destemido / por amor e vocação!
Cristo, Mestre e Senhor, / pois eterno é seu amor. / Nesta fonte
de água viva, / somos hoje seus convivas. (bis)
2 - Nossos passos já se encontram / a caminho do altar. / Nossas vozes já decantam / o que vimos proclamar / neste mundo tão bonito, / mas que pede redenção / nosso SIM ao Deus bendito / por amor e vocação!
3 - Nós queremos operários / mensageiros do Senhor / que nos façam solidários / a serviço do amor, / construtores da justiça / empenhados na missão / contra toda injustiça / por amor e vocação!
4 - Nossa Igreja necessita / de mais fibra e mais vigor / e de gente que acredita / no chamado do Senhor. / Que dê pão a quem tem fome / e justiça a quem tem pão / e bendiga o seu nome / por amor e vocação!

46 (Tom: Dm) Letra e Música: Reginaldo Veloso (CD Cantos de abertura e comunhão - Paulus)
1 - Hoje é dia de reza! (2x) / É o dia do Senhor! (2x) / Aqui vimos, ó Pai, te adorar! (2x) / De mãos dadas teu nome invocar!
2 - Hoje é dia de festa! (2x) / Entre nós estás, Senhor! (2x) / Tua Palavra nos vai recriar, (2x) / teu espírito a nos irmanar!
3 - Hoje é dia de ceia, (2x) / em memória do Senhor! (2x) / Pão do céu vamos nós partilhar, (2x) / do teu vinho beber e brindar!
4 - Hoje é dia de entrega! (2x) / Tu nos mandas, ó Senhor, (2x) / a justiça do Reino anunciar (2x) / e um mundo de paz proclamar!
5 - Hoje é dia de espera (2x) / pela vinda do Senhor! (2x) / Tu nos fazes, Senhor, vigiar (2x) / novo céu, nova terra apressar!
6 - Hoje é dia de festa! (2x) / Hoje é dia de reza! (2x) / Hoje é dia de ceia! (2x) / Hoje é dia de entrega! (2x) / Hoje é dia de espera! (2x)

47 (Tom: C) Letra: Hênio dos Santos / Música: Pe. José Carlos Sala
Caminhemos num só coração, / Deus se faz presente “no partir o
pão!” / Discípulos missionários, eis nossa verdade: / Eucaristia,
pão da unidade!
1 - Nesta mesa, vamos juntos celebrar / nossa Igreja, jubilosa, vem
cantar! / Unidos a Maria, a Mãe Aparecida, / elevamos o nosso clamor: / fica conosco, Senhor! (Lc 24,29)
2 - Jesus Cristo entregou-se por amor: / “Fazei isto em memória de
mim, / estou em vosso meio, sempre até o fim!” / Entoamos um grande louvor: / fica conosco, Senhor! (Lc 24,29)
3 - Recebendo o alimento neste altar, / renovamos a missão de partilhar. / Ouvindo a Palavra, os corações se animam, / e cantamos com todo o fervor: / fica conosco, Senhor! (Lc 24,29)
4 - Neste povo, entre tantas diferenças, / a unidade é o pão que alimenta. / O Deus de nossos pais nos une como irmãos, / nele temos o grande penhor: / fica conosco, Senhor! (Lc 24,29)

48 (Tom: D) Letra e Música: Pe. Pedro B. Guimarães (CD O Espírito da Missão - Paulus)
1 - Venham trabalhar na minha vinha, / dilatar meu Reino entre as
nações, / convidar meu povo ao banquete. / Quero habitar nos corações.
Unidos pela força da oração, / ungidos pelo espírito da missão, / vamos juntos construir / uma Igreja em ação.
2 - Venham trabalhar na minha vinha, / espalhar, na terra, o meu amor. / Muitos não conhecem a Boa-Nova, / vivem como ovelhas
sem pastor.
3 - Venham trabalhar na minha vinha, / com fervor meu nome
proclamar. / Que ninguém se queixe ao fim do dia: / “Ninguém
me chamou a trabalhar”.

49 (Tom: F) Letra: D. Carlos Alberto Navarro / Música: Ir. Míria T. Kolling (CD
Venham para a Ceia do Senhor - Paulus)
Venham, venham todos, para a Ceia do Senhor! / Casa iluminada,
mesa preparada, com paz e amor. / Porta sempre aberta, Pai amigo aguardando acolhedor. / Vem do alto, por Maria, este Pão que vai nos dar. / Pão dos anjos - quem diria! - nos fará ressuscitar!
1 - Canta a Igreja o sacrifício / que, na cruz, foi seu início! / E antes
Jesus quis entregar / Corpo e Sangue em alimento, / precioso testamento! / Como não nos alegrar?!
2 - Para a fonte Eucaristia / vai sedenta a romaria, / volta em missão
de transformar / cada um e todo o povo, / construindo um mundo novo. / Como não nos alegrar?!
3 - Com a solidariedade / renovar a sociedade, / pela justiça e paz
lutar, / vendo o pão em cada mesa, / vida humana com nobreza. / Como não nos alegrar?!
4 - A assembléia manifesta: / a Eucaristia é festa! / Somos irmãos a
celebrar. / Povo santo e penitente, / que se encontra sorridente. / Como não nos alegrar?!
5 - Tantos são os excluídos, / rejeitados, abatidos. / Há quem já nasce sem lugar... / Deus, porém, nos abre os braços, / quer a todos dar o abraço! / Como não nos alegrar?!
6 - “Fazei isto!” - foi a ordem. / Morte e vida nos recordem: / prova de amor é partilhar! / Há maior felicidade / no serviço e na humildade. / Como não nos alegrar?!
7 - Pão é carne verdadeira, / vinho é sangue da videira! / Possa tal fé se aprofundar! / Se o mistério é incompreensível, / nossa fé diz que é possível. / Como não nos alegrar?!
8 - Cristo vive, se oferece, / intercede, escuta a prece, / em toda a terra quer morar. / Por amor é prisioneiro, / nos aguarda o dia inteiro. Como não nos alegrar?!
9 - Pode haver amor no mundo tão / real e tão profundo / como seu
viu Jesus provar? / Ele ensina e nos convida: / Ofertemos nossa vida! / Como não nos alegrar?!

50 (Tom: D) Letra e Música: Ir. Míria T. Kolling (CD Vamos à Casa do Senhor - Paulus)
Eu me alegrei, fiquei feliz, feliz fiquei, / e me alegrei quando me disseram: / “Vamos para a casa, vamos para a Casa do Senhor!”
/ E me convidaram: “Vamos para a casa, / vamos para a Casa do Amor!”
1 - Se eu busco alegria, / alegria encontro aqui. / Celebremos a alegria / que nos vem do nosso Deus!
2 - Se quero a plena vida, / plena vida encontro aqui! / Celebremos
esta vida / que nos vem do nosso Deus!
3 - Se eu procuro a verdade, / a verdade encontro aqui! / Celebremos
a verdade / que nos vem do nosso Deus!
4 - Se eu preciso da justiça, / a justiça encontro aqui! / Celebremos
a justiça / que nos vem do nosso Deus!
5 - Paz, amor, vida e verdade, todo bem encontro aqui! / Celebremos
graça e bênção / que nos vem do nosso Deus!

51 (Tom: C) Letra e Música: Ir. Maria F. Tavares de Miranda (CD Liturgia VI - Paulus)
Sê a rocha que me abriga, / casa forte que me salva; / para honra
do teu nome / és o guia que me ampara!
SALMO 31/30
1 - Ponho em Deus minha esperança, / que eu não seja envergonhado.
/ Já que és justo, me defende: / sei que vou ser libertado. / Vem ouvir a minha voz, / eu estou angustiado.
2 - Sê pra mim uma rocha firme, / sê pra mim seguro abrigo, / sê pra
mim uma fortaleza. / Me orienta e eu vou contigo, / eu te entrego o meu espírito, / desde agora, eu te bendigo.
3 - Confiando em tua face, / vão vencer os intrigantes. / Recebidos em tua tenda, / proteção terão constante. / Sê bendito, meu Senhor, / sê bendito em todo o instante.
4 - Eu dizia na aflição: / “Deus não quer saber de mim”. / Vejo agora
que me ouviu, / quando eu reclamei assim. / Santos todos, amém, louvem / o Senhor, até o fim!

52 (Tom: Cm) Letra e Música: Pe. Jocy Rodrigues (Cantai - CD 8 / CD Liturgia
VI - Paulus)
SALMO 27/26
O Senhor é minha luz, / Ele é minha salvação. / Que poderei temer? / Que poderei temer?
1 - O Senhor é minha luz, / Ele é minha salvação. / O que é que vou
temer? / Deus é minha proteção. / Ele guarda minha vida: / eu não vou ter medo, não! (2x)
2 - Quando os maus vêm avançando, / procurando me acuar, / desejando ver meu fim, / querendo me matar. / Inimigos opressores
/ é que vão se liquidar. (2x)
3 - Se um exército se armar / contra mim, não temerei. / Firme está
meu coração, / sempre firme ficarei. / Se estourar uma batalha, / mesmo assim confiarei. (2x)
4 - A Deus peço uma só coisa, / sei que ele vai me dar: / habitar em
sua casa / todo tempo que eu durar, / para provar sua doçura / e no templo contemplar. (2x)
5 - Ele vai me dar abrigo, / em sua casa vou morar. / Nestes tempos
de aflição / sei que vai me agasalhar, / me escondendo em sua tenda / para na rocha eu me firmar. (2x)
6 - A cabeça eu tenho erguida, / mesmo em meio de inimigos. / Ofereço um sacrifício, / pois livrou-me dos perigos. / Canto hinos com a viola, / o meu salmo a Deus eu digo. (2x)
7 - Ó Senhor, ouve o meu grito / e de mim tem compaixão. / Eu te falo confiante, / firme está meu coração. / Eu procuro é tua face, / não me tires tua visão. (2x)
8 - Em tua ira não me enxotes. / Só Tu podes me ajudar. / Não me
deixes enjeitado. / Vem, Senhor, me segurar. / Se meus pais me abandonarem, / sei que vens me agasalhar. (2x)
9 - Vem, me ensina teus caminhos / e me mostra a boa estrada. / Me protege do inimigo / que só pensa coisa errada. / Falsidade estão tramando, / tenho a vida amargurada. (2x)
10 - Sei que eu hei de ver, um dia, / a bondade do Senhor: / lá, na terra dos viventes, / viverei no seu amor. / ‘Spera em Deus! Cria coragem! / ‘Spera em Deus, que é teu Senhor! (2x)
11 - Glória a Deus que nos acolhe, / glória a Cristo Salvador. / Igualmente demos glória / ao Espírito de amor. / Deus é Mãe que nos consola, / cantaremos seu louvor. (2x)

53 (Tom: C) Letra e Música: Pe. José A. de Lacerda Jr. (CD Liturgia VI - Paulus)
No meio da tua casa, / recebemos, ó Deus, a tua graça! / Sem fim,
nossa louvação, / pois a justiça está toda em tuas mãos!
SALMO 33/32
1 - Alegrai-vos no Senhor! / Quem é bom, venha louvar! / Peguem logo o violão / e o pandeiro pra tocar. / Para ele um canto novo / vamos, gente, improvisar.
2 - Ele cumpre o que promete: / podem nele confiar! / Ele ama o que é direito / e Ele sabe bem julgar. / Sua Palavra fez o céu, / fez a terra e fez o mar.
3 - Ele faz do mar um açude / e governa os oceanos. / Toda a terra
a ele teme, / mesmo os corações humanos. / Tudo aquilo que Ele diz / não nos causa desenganos.
4 - Põe abaixo os planos todos / desses povos poderosos. / E derruba os pensamentos / dos malvados orgulhosos. / Mas os planos que Ele faz / vão sair vitoriosos.

54 (Tom: C) Letra e Música: Hamilton F. dos Santos (CD Liturgia VI - Paulus)
Acolhe os oprimidos / em tua casa, ó Senhor, é seu abrigo! / Só
Ele se faz temer, / pois a seu povo dá força e poder!
SALMO 33/32
1 - A nação que Ele governa / é feliz com tal Senhor. / Lá do céu Ele vê tudo, / vê o homem e seu valor. / Fez o nosso coração / forte e contemplador.
2 - O que dá vitória ao rei / não é ter muitos soldados. / O valente não se livra / por sua força ou seus cuidados. / Quem confia nos cavalos / vai, no fim, ser derrotado.
3 - Ó Senhor, protege sempre / quem espera em teu amor / pra livrar da triste morte / e, da morte, dar vigor. / No Senhor é que esperamos, / Ele é escudo protetor.
4 - Nele nosso coração / encontrou sempre alegria. / No seu nome sacrossanto / quem é bom, sempre confia. / Traz, Senhor, com teu amor, / esperança e alegria!

55 (Tom: E) Letra e Música: Marlene Pastro (CD Liturgia VII - Paulus)
Deus, nosso Pai protetor, / dá-nos hoje um sinal de tua graça! / Por ter ungido, ó Senhor, / estejamos pra sempre em tua casa!
SALMO 86/85
1 - Ó Senhor, põe teu ouvido / bem aqui, pra me escutar. / Infeliz eu sou e pobre, / vem depressa me ajudar! / Teu amigo eu sou, Tu sabes, / só em ti vou confiar.
2 - Compaixão de mim, Senhor! / Eu te chamo noite e dia. / Vem me dar força e coragem / e aumentar minha alegria. / Eu te faço minha prece, / pois minh’alma em ti confia.
3 - Tu és bom e compassivo / e a quem pede dás perdão. / Dá ouvido
a meus pedidos: / meu lamento é oração. / Na hora amarga, eu te procuro, / sei que não te chamo em vão.
4 - Não existe nenhum deus, / para contigo se igualar, / nem no mundo existe nada / que se possa comparar / às belezas que, na terra, / teu amor soube criar.

56 (Tom: Em) Letra e Música: Ir. Míria T. Kolling (CD Liturgia VII - Paulus)
Não me abandones, Senhor, / vem socorrer, vem socorrer, / vem
socorrer, / depressa, vem, meu Salvador!
SALMO 143/142
1 - Ó Senhor, escuta a prece / que te faço e o meu pedido! / Vem! Me atende, Deus fiel! / Eu preciso ser ouvido. / Se vieres nos julgar, / todo o mundo está perdido.
2 - Lembro os dias do passado: / os teus feitos que me alentam. / Eu te estendo as minhas mãos, / a minh’alma está sedenta / como terra esturricada, / ressequida e poeirenta.
3 - Vem, me ensina a fazer sempre, / ó Senhor, tua vontade! / Teu Espírito me guia / a uma terra conquistada. / Vem, renova minha vida, / das angústias libertada.
4 - Vem, depressa, meu Senhor! / Vem, depressa, me escutar! / Meu espírito está fraco, / eu já estou para desmaiar. / Não me escondas o teu rosto, / para eu não me arrasar.

57 (Tom: Dm) Letra e Música: Antônio Haddad (CD ODC/Cânticos bíblicos e hinos, v.4)
Oi! louvai ao Senhor, nosso Deus, / por tudo aquilo que Ele nos fez. (bis)
1 - Ele nos reuniu no amor de Cristo / e é sempre fiel a seu povo santo.
2 - Ele nos deu seu próprio Filho / e cumpriu sua palavra de salvação.
3 - Ele está presente em nossa história / e caminha à frente do seu
povo em marcha.
4 - Ele nos alimenta em nossa caminhada / e faz da nossa morte vida e ressurreição.

58 (Tom: Em) Letra e Música: Zé Vicente (CD Cantos de abertura e comunhão
- Paulus / CD Festa dos Pequenos - Paulinas)
1 - De todos os cantos viemos / para louvar o Senhor, / Pai de eterna
bondade, / Deus vivo e libertador. / Todo o povo reunido / num canto novo, um louvor.
Glorificado seja, / bendito seja / Jesus Redentor! (bis)
2 - Os pais e mãe de família, / vamos todos celebrar. / A força nova
da vida, / vamos alegres cantar. / A juventude e as crianças, / todos reunidos no amor.
3 - Lavradores e operários, / todo o povo lutador, / trazendo nas mãos
os frutos / e as marcas de sofredor. / A vida e a luta ofertamos / no altar de Deus Criador.
4 - Do passado nós trazemos / toda lembrança de quem / deu sua vida e seu sangue / como Jesus fez também. / No presente, todo o esforço / por um futuro sem dor!

59 (Tom: C#m) Letra: Frei José Moacyr Cadenassi / Música: Pe. Ney Brasil Pereira
(CD Luz da Luz - Paulus)
Jesus se dirigiu para as águas do Jordão: / a justiça é proclamada em seu batismo por João! (2x)
1 - O Senhor fez o céu e a terra, / seu poder no amor se encerra!
2 - O Senhor reconhece o seu Filho, / alegrando as nações com seu brilho!
3 - O Senhor é fiel a seu povo: / seu amor nos abriu mundo novo!
4 - O Senhor o seu povo recria; / pelas águas lhe traz alegria!

60 (Tom: Cm) Letra e Música: Pe. Jocy Rodrigues (CD Cantos de abertura e
comunhão - Paulus)
1 - Nós somos o povo de Deus, / um povo que vai caminhando, / caminhando, caminhando. / Na estrada escura deste mundo / somos a luz que vai iluminando, / iluminando, iluminando.
Nossa lei está no Evangelho: / é o amor, vivemos na liberdade, liberdade. / Queremos justiça e paz, justiça e paz, / somos filhos
da verdade, da verdade.
2 - Busquemos o Reino de Deus, / que é fonte de libertação, / libertação, libertação. / O Cristo vive em nossa vida, / dele esperamos nossa salvação, / a salvação, a salvação.
3 - O Reino de Deus é dos pobres, / dos que trabalham pela paz, / dos que trabalham pela paz. / Dos que lutam pela justiça / e avançam
sempre, sem olhar pra trás, / avançam, sem olhar pra trás.

61 (Tom: Cm) Adaptação: Elvira Bordelon
Entremos, com grande alegria, na Casa do Senhor, / pois aqui recebemos o Pão da Vida e do Amor. (2x)
1 - Na Casa do Senhor reinará eterna paz / e em nossos, corações, o seu amor.
2 - De todos os recantos o Senhor nos congregou / como o pai que
chama os filhos a sua casa.
3 - Agora não há nenhuma distinção: / somos irmãos ao redor de sua mesa.

62 (Tom: Cm) Letra e Música: Paulo Sérgio Soares (CD Celebrações Especiais,
v.4 - Paulus)
Senhor, aqui viemos pra te louvar / com a vida toda, inteira, alegres ou na dor. / Tu és nossa saúde, Tu és a salvação. / Tu és nosso remédio que nos cura o coração. (2x)
1 - Trazemos nossas dores, / também as alegrias, / o nosso dia a dia / vivido no labor: / doenças que nos cercam, / pecados que nos marcam / juntamos com os momentos / de paz e de amor.
2 - Há tantos que padecem / num leito de hospital, / e muitos não conhecem / onde está o mal. / Doença não é fruto / somente do destino: / também é um problema / de ordem social.
63 (Tom: Bb) Letra e Música: Pe. Ney Brasil Pereira
Jesus, o Cristo, fez de nós um reino de sacerdotes para Deus, seu Pai: / a ele glória e poder pelos séculos dos séculos, amém!
1 - Vós sois um povo escolhido, uma nação santa, um sacerdócio real, / povo de Deus, para anunciar o poder daquele que das trevas vos chamou à sua luz incomparável. (1Pe 2,9)
2 - Como Cristo, sois as pedras vivas deste edifício espiritual, / um
sacerdócio santo, para oferecer vítimas espirituais a Deus por Jesus Cristo! (1Pe 2,5)
3 - Eu vos exorto, irmãos, a oferecerdes vossos corpos a Deus em
sacrifício vivo, santo e agradável. / É este o vosso culto espiritual! (Rom 12,1)
4 - Tu és digno de receber o louvor, ó Cristo, Cordeiro imolado, / porque de nós fizeste, ao preço do teu sangue, um reino de sacerdotes para o Pai! (Apoc 5,9s)
5 - A vós chamar-vos-ão de sacerdotes do Senhor, / de ministros do nosso Deus sereis qualificados! (Is 61,6)
6 - Felizes os que tomam parte na primeira ressurreição! / Sobre eles a segunda morte tem poder, mas serão sacerdotes de Deus e do Cristo! (Apoc 20,6)

64 (Tom: C) Letra: Simei Monteiro / Música: Albete Corrêa (CD Cantos de abertura e comunhão - Paulus)
Aqui chegando, Senhor, que poderemos te dar? (bis)
Um simples coração e uma vontade de cantar. (bis)
Recebe nosso louvor e tua paz vem nos dar. (bis)
A tua graça, Senhor, melhor que a vida será. (bis)
E o teu amor em nós será manancial. (bis)
De água boa a jorrar, pra nossa sede estancar. (bis)

65 (Tom: D) Letra e Música: Pe. Ney Brasil Pereira (CD Festas Litúrgicas I - Paulus)
1 - O que o coro dos profetas / celebrou em profecia, / pela ação do Santo Espírito, / realiza-se em Maria.
Cristo-Luz, ó Luz bendita, / vinde-nos iluminar! / Luz do mundo, Luz da vida, / ensinai-nos a amar!
2 - Ao Senhor de todo o mundo / esta Virgem concebeu, / deu à luz, e sempre Virgem, / e fiel permaneceu.
3 - Simeão, no templo, exulta, / tendo aos braços o Menino, / porque
vê, com os seus olhos, / o Esperado, o Sol divino.
4 - Mãe do Rei Eterno, ouvi-nos, / acolhei do orante a prece, / vós que dais a clara luz / que no Filho resplandece.
5 - Cristo, luz que nos abris / de Deus Pai as profundezas, / na mansão da luz eterna / vos cantemos as grandezas.

66 (Tom: F) Letra: Pe. Jocy Rodrigues / Música: Pe. Ronoaldo Pelaquim (CD
Liturgia X - Paulus / CD Canções para Orar, v.4 - Paulinas)
Aleluia! Batei palmas, povos todos! / Cantai músicas alegres, aleluia! / Aleluia! Deus é grande e poderoso, / pois governa o mundo inteiro, aleluia!
1 - Nos mandou levar a todos / a mensagem do amor. / Ele fez uma
Aliança / com o povo que escolheu!
2 - O Senhor é vencedor, / triunfante sobre o céu. / Ele é Rei de toda
a Terra; / cantai hinos de vitória!
3 - Deus domina o mundo inteiro, / assentado no seu trono. / Reuniu
os povos todos: / todos são povo de Deus!

67 (Tom: Dm) Letra e Música: José Alves (CD Liturgia XVI - Paulus)
O Senhor foi preparar / um lugar para nós no céu.
1 - Ó varões galileus, que estais no céu a olhar? Aleluia! / O Jesus
que subiu ao céu deve, depois, voltar! Aleluia!
2 - Entre cantos e hinos triunfais se eleva o Senhor! Aleluia! / Cante
a terra e o mar também: Cristo é vencedor! Aleluia!
3 - Glorioso, à direita do Pai, sentou-se Jesus! Aleluia! / Que nos foi
preparar o céu, Reino de eterna luz! Aleluia!
4 - Ó Jesus, nosso Rei e Senhor, que subis para os céus! Aleluia! /
Não deixeis os cristãos a sós: dai-nos o dom de Deus! Aleluia!

68 (Tom: A) Letra e Música: Zé Vicente (Cantai - CD 2)
1 - Quando o Espírito de Deus soprou, / o mundo inteiro se iluminou,
/ a esperança na terra brotou, / e um povo novo deu-se as mãos e caminhou.
Lutar e crer, / vencer a dor, / louvar o Criador. / Justiça e paz hão
de reinar. / E viva o amor!
2 - Quando Jesus a terra visitou, / a Boa-Nova da justiça anunciou;
/ o cego viu, o surdo escutou, / e os oprimidos das correntes libertou.
3 - Nosso poder está na união: / o mundo novo vem de Deus e dos
irmãos. / Vamos lutando contra a divisão / e preparando a festa da libertação.
4 - Cidade e campo se transformarão! / Jovens, unidos na esperança,
gritarão! / A força nova é o poder do amor! / Nossa fraqueza é força em Deus libertador!

69 (Tom: F) Letra: José Thomaz Filho / Música: Frei Fabreti (Cantai - CD 2)
1 - Não há medo, incerteza ou cansaço / quando o Espírito Santo nos vem: / quem temia recobra seu passo, / quem calava proclama, porém.
Somos povo de Deus caminheiro, / testemunhas do Reino que vem; / renovar corações por inteiro, / não deixando, de lado, ninguém.
2 - Toda a terra se vê transformada / quando o Espírito Santo nos vem, / e a Palavra de Deus é levada / aos cativos e aos pobres também.
3 - Vida nova na terra se faz / quando o Espírito Santo nos vem. / A justiça é o caminho da paz: / povo irmão, e ninguém pesa ninguém.

70 (Tom: Em) DR (Cantai - CD 2)
Chegando o dia de Pentecostes, / o Espírito de Deus, aleluia, / num vento impetuoso e em línguas de fogo, / encheu todo o universo, aleluia.
1 - O Espírito do Senhor encheu todo o universo. / É Ele que contém
tudo e tem a ciência da palavra.
2 - Os justos se alegram, exultam na presença do Senhor / e triunfam
jubilosos.
3 - É Ele que ao desamparado dá um lar, / leva a liberdade aos prisioneiros.
4 - Bendito seja Deus dia por dia, / Ele é o Deus de nossa salvação.
5 - Bendizei ao Senhor em coros festivos, / bendizei ao Senhor, filhos de Israel!
6 - É Ele que a seu povo dá força e poder, / bendito seja Deus!

71 (Tom: F) Letra: Pe. Lúcio Floro / Música: Ir. Míria Therezinha Kolling (Cantai
- CD 2 / CD Envia teu Espírito, Senhor! - Paulus)
Nós estamos aqui reunidos, / como estavam em Jerusalém, / pois, só quando vivemos unidos, / é que o Espírito Santo nos vem.
1 - Ninguém para esse vento passando; / ninguém vê e ele sopra onde quer. / Força igual tem o Espírito quando / faz a Igreja de Cristo crescer.
2 - Feita de homens, a Igreja é divina, / pois o Espírito Santo a conduz / como um fogo que aquece e ilumina, / que é pureza, que é vida, que é luz.
3 - Sua imagem são línguas ardentes, / pois amor é comunicação. / E é preciso que todas as gentes / saibam quanto felizes serão.
4 - Quando o Espírito espalma suas graças, / faz dos povos um só coração. / Cresce a Igreja, onde todas as raças / um só Deus, um só Pai louvarão.

72 (Tom: Dm) Letra e Música: Reginaldo Veloso (CD Liturgia X - Paulus)
O Espírito do Senhor / o universo todo encheu. / Tudo abarca em
seu saber, / tudo enlaça em seu amor. / Aleluia, aleluia, aleluia, aleluia! (2x)
SALMO 68/67
1 - Levanta-se Deus, cadê os inimigos? / Na sua presença perecem
os iníquos! / São como fumaça que desaparece, / são cera no fogo, que logo derrete!
2 - Os justos se alegram diante de Deus. / Cantai ao Senhor, vibrai,
filhos seus! / Abri o caminho ao grão-cavaleiro, / dançai diante dele, Senhor justiceiro.
3 - Dos órfãos é Pai, das viúvas juiz, / em sua morada só Ele é quem
diz: / Quem estava sozinho, família encontrou, / quem estava oprimido, minha mão libertou!
4 - À frente do povo saíste, ó Deus, / os céus gotejaram, a terra tremeu; / na sua presença se abala o Sinai, / é Deus que avança, que avança e vai!
5 - U’a chuva abundante do céu derramaste / e a tua herança exausta saciaste; / fizeste em tua paz viver teu rebanho / e os necessitados tiveram seu ganho.
6 - Falou sua Palavra, saem os portadores, / debandam os reis e fartam-se os pobres! / Imenso é o poder de Nosso Senhor, / subindo às alturas, cativos livrou.
7 - Bendito sejas, Senhor, todo dia, / Tu és quem nos salva, quem nos alivia; / és Tu nosso Deus, o Libertador! / Quem livra da morte, só mesmo o Senhor!

73 (Tom: D) Letra: Frei José Moacyr Cadenassi / Música: Pe. Ney Brasil Pereira
(CD Luz da Luz - Paulus)
Levanta-te, Jerusalém, eis que a tua luz chegou! / A glória do Senhor vem te cobrir, / e as trevas não se adensam mais em ti!
1 - O teu clarão é o bem de todos os povos: / vê ao teu redor, levanta
os teus olhos!
2 - Tuas mãos se alegrarão com tantos tesouros: / de além-mar cobrir-te-ão com muito ouro!
3 - No incenso que se eleva Deus é louvado; / na mirra, a certeza: Deus é humanado!

74 (Tom: F) Letra: Missal Romano / Música: Frei Joel Postma (CD Liturgia XVI - Paulus)
O amor de Deus foi derramado em nossos corações / pelo seu
Espírito que habita em nós, aleluia!
SALMO 33/32
1 - Comigo engrandecei ao Senhor Deus, / exaltemos todos juntos
o seu nome! / Todas as vezes que o busquei , Ele me ouviu / e de todos os temores me livrou.
2 - Contemplai a vossa face e alegrai-vos / e vosso rosto não se cubra de vergonha! / Provai e vede quão suave é o Senhor! / Feliz o homem que tem nele o seu refúgio!
3 - Clamam os justos, e o Senhor bondoso escuta / e de todas as angústias os liberta. / Do coração atribulado Ele está perto / e conforta os de espírito abatido.

75 (Tom: E) Letra e Música: Haydn (Cantai - CD 2 / CD A Santíssima Trindade no
Terceiro Milênio - Paulus)
1 - Deus eterno, a vós louvor! / Glória a vossa majestade! / Anjos e homens com fervor / vos adoram, Deus Trindade. / Cante a terra com amor: / Santo, Santo é o Senhor. (2x)
2 - Pai Eterno, a Criação, / que tirastes Vós do nada, / repousando em vossa mão, / um acorde imenso brada: / quem me fez foi vosso amor, / glória a vós, Pai Criador. (2x)
3 - Filho eterno, nosso irmão, / vossa morte deu-nos vida, / vosso sangue, salvação. / Toda a Igreja, agradecida, / louva e exalta a vós, Jesus, / glória canta à vossa cruz. (2x)
4 - Deus Espírito, Sol de amor, / procedeis do Pai, do Filho, / eis vos
louvam vossos santos / entoando eternos cantos: / Santo, Santo é o Senhor, / Uno e Trino, Deus de Amor. (2x)

76 (Tom: F) Letra e Música: José Acácio Santana (Cantai - CD 2 / CD Santíssima
Trindade - Paulinas)
1 - Entremos, com grande alegria, / na Casa do Senhor, / em sua fiel companhia / cantemos seu louvor.
Honra e glória à Santíssima Trindade, / honra e glória por toda a eternidade! / Honra e glória à Trindade Santa!
2 - Em nome do Pai sacrossanto, / do Filho Salvador. / No amor do
Espírito Santo / vivemos sem temor.
3 - Aqui todos juntos oramos / com fé e gratidão. / E a bênção de Deus invocamos / de todo o coração.

77 (Tom: A) Letra e Música: José Alves (CD Festas Litúrgicas I - Paulus)
1 - Bendito sejas Tu, Senhor de nossos pais, / és pródigo de graças,
ó Senhor!
Glória ao Senhor, / Criador para sempre! (bis)
2 - Bendito sejas Tu, ó Verbo de Deus Pai; / a morte que sofreste nos deu vida.
3 - Bendito sejas Tu, Espírito de Deus, / operas na Igreja a salvação.

78 (Tom: G) Letra e Música: Pe. Robson de Oliveira (CD Nos Braços do Pai - Som Livre)
Somos povo de Deus caminhando para a luz da Trindade sem véu. / Se a Trindade aqui vimos rezando, somos todos romeiros
do céu. (2x)
1 - Pelo Espírito Santo guiados, / demandamos a casa do Pai. / Para
nós em Deus-Filho irmanados, / uma voz vem do céu: caminhai!
2 - Vendo a Virgem coroada na glória, / junto a Deus no seu trono
de luz. / Compreendemos que a nossa vitória / é a conquista de amor pela cruz.
3 - Nossa fé, testemunho profundo, / alimenta-se em graça e oração. / Consagrar para Deus este mundo / há de ser nosso anseio cristão.

79 (Tom: G) Letra e Música: Pe. José Freitas Campos (CD Festas Litúrgicas II - Paulus)
1 - Todos convidados / cheguem ao banquete do Senhor. / Festa
preparada, bem participada, / venham partilhar do pão do amor.
Cristo pão dos pobres, / juntos nesta mesa, / pois a Eucaristia
faz a Igreja. (bis)
2 - Vejam quanta fome, / muitos lares sem ternura e pão. / Dor e violência, quanta resistência, / vamos acolher a cada irmão.
3 - Vamos, gente unida, / resgatar a paz nesta cidade. / Ser o sal da terra, ser a luz do mundo, / espalhar justiça e caridade.
4 - Jovens e famílias / vida nova venham assumir. / Evangelizando,
Cristo anunciando / para o mundo novo construir.
5 - Páscoa celebrada, / nosso testemunho é conversão. / Corpo ofertado, sangue derramado, / vou ser solidário na missão.

80 (Tom: Dm) DR (CD Festas Litúrgicas II - Paulus / Cantai - CD 8)
1 - Antes que Eu te formasse dentro do seio de tua mãe, / antes que tu nascesses, te conhecia e te consagrei. / Para ser meu profeta entre as nações, Eu te escolhi. / Irás onde enviar-te e o que te mando proclamarás!
Tenho que gritar, / tenho que arriscar, / ai de mim, se não o faço! / Como escapar de ti, / como calar / se tua voz arde em meu peito? / Tenho que andar, / tenho que lutar, / ai de mim, se não o faço! / Como escapar de ti, / como calar / se tua voz arde em meu peito?
2 - Não temas arriscar-te, porque contigo Eu estarei, / não temas anunciar-me em tua boca Eu falarei. / Entrego-te meu povo, vai arrancar e derrubar. / Para edificar, destruirás e plantarás!
3 - Deixa os teus irmãos, deixa teu pai e tua mãe, / deixa a tua casa,
porque a terra gritando está. / Nada tragas contigo, pois a teu lado Eu estarei. / É hora de lutar, porque meu povo sofrendo está.

81 (Tom: E) DR
1 - A edificar a Igreja, (2x) / a edificar a Igreja do Senhor.
Irmão, vem, ajuda-me, / irmã, vem, ajuda-me a edificar a Igreja do  Senhor.
2 - Eu sou Igreja, tu és Igreja, / somos Igreja do Senhor.
3 - São Pedro é Igreja, São Paulo é Igreja, / somos Igreja do Senhor.
4 - Os leigos são Igreja, os padres são Igreja, / somos Igreja do Senhor.
5 - Os homens são Igreja, as mulheres são Igreja, / somos Igreja do Senhor.
6 - Os pobres são Igreja, os ricos são Igreja, / somos Igreja do Senhor.
7 - Os jovens são Igreja, os velhos são Igreja, / somos Igreja do Senhor.

82 (Tom: E) Letra e Música: Pe. Geraldo Leite (CD Festas Litúrgicas II - Paulus)
Canta, meu povo, / canta o louvor de teu Deus, / que se fez homem e por nós morreu, / que ressuscitou pelo amor dos seus!
1 - Somos a nação santa e o povo eleito, / um sacerdócio real. / Deus nos chamou das trevas à sua luz, / sua luz imortal.
2 - Nós somos transportados da morte à vida, / pelo amor dos irmãos. / Vamos amar até nossos inimigos, / é a lei do cristão.
3 - Senhor Jesus, já não sou mais eu que vivo, / Tu vives em mim. / O meu desejo é, um dia, ver tua face / na glória sem fim.

83 (Tom: D) Letra e Música: Lindberg Pires (CD Festas Litúrgicas IV - Paulus)
Vimos aqui, meu Senhor, pra cantar / tua bondade, amor que se dá, sem cessar!
1 - És o caminho, verdade e vida! / És o amigo, que perde a vida, / buscando a todos salvar!
2 - És o rochedo, o guia fiel! / És a esperança de todos que buscam
/ viver em tua casa, Senhor!

84 (Tom: E) Letra e Música: Frei Luiz Turra (CD Festas Litúrgicas IV - Paulus)
Salve, ó cruz libertadora! (bis)
1 - Em teu corpo sem beleza e nem encanto, / Tu assumes o pecado
e todo o pranto. / Junto a ti está a dor da humanidade, / ó Senhor, de todos nós tem piedade.
2 - Estas mãos com que erguestes os caídos, / que tiraram as amarras do oprimido, / amarradas nesta cruz pela maldade, / vão ao rumo devolver a liberdade.
3 - Os teus pés que percorreram os caminhos, / que levaram Boa-
Nova aos pequeninos, / são pregados pelo homem iludido, / mas teu Reino nunca mais será detido.
4 - Este povo, aqui reunido, quer louvar-te, / pois a vida devolveste
em toda a parte. / Os caminhos da esperança Tu abriste, / desta cruz com todo o mundo ressurgiste.

85 (Tom: G) Letra e Música: Ir. Míria T. Kolling (Cantai - CD 24 / CD Cantos
Celebrativos - Paulinas)
1 - A vida pra quem acredita / não é passageira ilusão. / E a morte
se torna bendita / porque é nossa libertação.
Nós cremos na vida eterna / e na feliz ressurreição. / Quando de
volta à casa paterna, / com o Pai os filhos se encontrarão.
2 - No céu não haverá tristeza, / doença nem sombra de dor: / e o
prêmio da fé é a certeza / de viver feliz com o Senhor.
3 - O Cristo será, neste dia, / a luz que há de em todos brilhar; / a
ele, imortal melodia, / os eleitos hão de entoar.

86 (Tom: Dm) Letra e Música: Valdeci Farias (CD Festas Litúrgicas IV - Paulus)
A morte já não mata mais, / perdeu seu aguilhão fatal / na luta que com a vida travou. / Venceu o Príncipe da Paz, / que, em seu
combate triunfal, / a morte derrotou.
1 - Ao nosso Pai glória e louvor, / pois deu vitória a todos nós. / Ó
Cristo Jesus, nosso Deus e Senhor, / mortos ressurgem ouvindo
tua voz.
2 - Um dia, a hora vai chegar, / e, desde já, se pode ouvir / a voz
deste Filho de Deus a chamar; / todos os mortos irão ressurgir.

87 (Tom: F) Letra: D. Carlos A. Navarro / Música: José Alves (CD Festas Litúrgicas IV - Paulus)
Amém, aleluia! (bis)
1 - Vi cantar no céu / a feliz multidão / dos fiéis eleitos / de toda nação.
2 - Ao que está sentado / no trono, louvor, / e poder ao Cristo, / seu
Filho e Senhor.
3 - Com amor eterno / Jesus nos amou / e as nossas vestes / com sangue lavou.

88 (Tom: Am) Letra e Música: Reginaldo Veloso (CD Festas Litúrgicas IV - Paulus)
Eu vi novo céu, / nova terra eu vi, / ó filhas e filhos do povo, / eu vi! (bis)
1 - Pois o céu primitivo passou, / e a terra de antes, também; / e esse mar que se via afundou, / dele já não existe ninguém! Vi descer lá do céu, lá de Deus (2x) / uma nova cidade, também, (2x) / pra o seu noivo enfeitada ela veio, (2x) / jovem, bela, era Jerusalém! (2x)
2 - E do trono uma voz a bradar: / “Deus chegou pra morar com seu povo, / seu barraco aqui vai levantar, / Deus da gente será Deus conosco! Toda lágrima vai enxugar (2x) / e de morte ninguém mais se ouviu. (2x) / Todo grito de dor vai cessar, (2x) / o passado já era, sumiu!” (2x)
3 - “Tudo novo eu estou a fazer, / coisas novas já vão existir, / pois
de tudo eu sou ‘A’ e sou ‘Z’, / o princípio eu sou e o fim! Quem tem sede vai logo beber, (2x) / pois da fonte água viva Eu vou dar; (2x) / quem vencer me terá como Deus (2x) / e meu filho em herança será!” (2x)

89 (Tom: A) Letra e Música: Ir. Míria T. Kolling (CD Celebrações Especiais, v.4 - Paulus)
1 - “Vou-lhes preparar no céu um bom lugar: / na casa paterna, tenho
muitas moradas. / Creiam, pois, em mim, Eu vim para salvar / e no céu levar quem aqui aprendeu a amar.”
Nós cremos, sim, em ti, Jesus! / Serás, enfim, a nossa luz!
2 - “Sim, Eu voltarei, e então recolherei / o amor, a acolhida, que me deram em vida. / Onde Eu estiver, comigo quero ter / os que meu Pai me entregou e por mim amou.”
3 - “Mas seria em vão o céu imaginar, / pois nada, no mundo, é assim tão profundo... / Quando Ele chegar e tudo renovar, / vocês, então, gozarão da total visão!”

90 (Tom: E) Letra: Frei José Moacyr Cadenassi / Música: Adenor Leonardo Terra
(CD Luz da Luz - Paulus)
1 - Ó Luz do Eterno Pai, / sois vós o nosso Sol, / a todos aclarai, / divino arrebol!
Cristo Jesus, do Pai eterna glória, / a luz da nossa história, / mostrai-nos a vossa face! / Aleluia!
2 - Ó Luz do Eterno Pai, / a honra e o louvor / a vós que iluminais /
com chamas de amor!
3 - Ó Luz do Eterno Pai, / Palavra eternal, / a todos revelais / vitória
sobre o mal!

91 (Tom: G) Letra e Música: Frei Luiz Turra (CD Aleluia - Paulinas)
Jesus Cristo ontem, hoje e sempre, / ontem, hoje e sempre, aleluia! (bis)
1 - Ele é a imagem do Deus invisível, / o Primogênito da criação. /
Tudo o que existe foi nele criado, / nele encontramos a redenção.
2 - Ele é a cabeça da Igreja, seu Corpo, / o Primogênito entre os mortais. / Que nele habite a vida mais plena, / foi do agrado de nosso Pai.
3 - Reconciliou todas as criaturas, / dando-nos paz pelo sangue da
cruz. / Deus nos tirou do império das trevas / e nos chamou a viver na luz.